Noite Mágica

O Pavilhão dos Leões de Porto Salvo encheu esta sexta-feira, para ver o último jogo-treino do estágio da Selecção Nacional de Futsal A, que prepara, desde o início da semana, a participação na decisiva etapa de apuramento para o Europeu de 2012, onde vai defrontar em terras polacas, os seus adversários da qualificação – Macedónia, Bielorrússia e Polónia.

A anteceder o jogo-treino, os 14 internacionais portugueses realizaram os primeiros minutos de aquecimento com alguns dos atletas da nossa Escola de Formação. Os jovens jogadores tiveram, também, a oportunidade de entrar em campo com os craques da nossa Selecção e da nossa equipa Sénior.

Foi uma noite de sonho para os pequenos atletas, que tiveram assim a oportunidade de conviver e partilhar alguns momentos com aqueles que são os seus ídolos da modalidade que mais gostam e praticam.

Ficará seguramente para sempre na sua memória os minutos que viveram esta noite.

Depois deste momento mágico, foi então a vez de se iniciar o jogo de treino, em que a selecção das quinas venceu a nossa equipa Sénior Masculina pelo resultado de 5 a 3, mas em que a nossa formação demonstrou o porquê de ambicionar a subida já esta época à 1ª Divisão Nacional.

Os comandados do seleccionador nacional Jorge Braz encontraram pela frente uma equipa dos Leões de Porto Salvo que demonstrou valor, grande organização, uma grande disponibilidade física e uma entrega total ao jogo.

Depois de cinco minutos pautados por algum equilíbrio, até para supresa de muitos com algum ascendente da nossa equipa e como seria de esperar, Portugal pegou nas rédeas do encontro e, até ao golo inaugural, de Ricardinho, aos dez minutos, ficaram na retina dois lances. Aos oito, Gonçalo desferiu um poderoso remate – sem deixar a bola cair no chão, após canto de Ricardinho – que embateu no poste esquerdo da baliza à guarda de Carló. Aos nove minutos, Leitão mostrou a mesma apetência pelos postes, depois de um notável trabalho individual.

Ainda no 1º tempo, os Leões de Porto Salvo ameaçaram as redes da selecção nacional com remates ao poste de Maté e Bruno Cardoso.
O tento de Ricardinho, que nasceu de uma grande jogada de entendimento com Leitão, surgiu no melhor momento da Equipa das Quinas na etapa inicial que lhe deu a vantagem no final dos primeiros 20 minutos.

A segunda parte, voltou a mostrar uma enorme atitude e empenho de parte a parte, o que ainda valorizou mais o espectáculo, que teve pouco de treino e muito de competitividade, para gáudio dos mais de 700 espectadores presentes.

Logo no primeiro minuto, Arnaldo cimentou a liderança da nossa Selecção, concluindo da melhor forma uma jogada de combinação atacante e, três minutos depois, perdeu excelente oportunidade, “na cara” de Ricardo Maria – que entrou ao intervalo –, rematando ao lado, depois de um excelente lançamento de João Benedito. Na resposta, Tuka (24’) após uma excelente jogada individual reduziu a desvantagem dos Leões de Porto Salvo.

Entusiasmada com o tento, a nossa equipa que lidera isolada a Série B do Campeonato Nacional da 2ª Divisão – galvanizou-se e chegou mesmo ao empate, aos 27 minutos, fruto de um auto-golo de Leitão.

A partida estava interessante e, no minuto seguinte, Gonçalo concluiu com sucesso um livre favorável à Equipa das Quinas, repondo a vantagem para as cores nacionais, que foi aumentada (aos 35’), por Arnaldo, com uma emenda à boca da baliza, após uma falta não assinalada pelo “árbitro” da partida, que apesar de não o ser oficialmente, esteve à altura da partida, apesar de um ou outro erro perfeitamente entendível e aceitável.

Mas os Leões de Porto Salvo não se davam por vencidos e Ivo, na conclusão de uma extraordinária jogada de contra-ataque, voltou a fixar a diferença mínima no marcador.

A sete segundos do final, Marinho fechou as contas do encontro, no resultado fiinal de 3 a 5.

Foi uma excelente jornada de promoção e divulgação da modalidade, aquela que os muitos e muitos adeptos da modalidade tiveram oportunidade de presenciar no Complexo Social e Desportivo dos Leões de Porto Salvo.

O nosso muito obrigado à Federação Portuguesa de Futebol, a todo o Corpo Técnico e a todos os Jogadores da Selecção Nacional, que foram inexcedíveis na disponibilidade e atenção que demonstraram para com todos os nossos mais pequenos jogadores.

Não podemos também deixar de dar os parabéns a toda a equipa técnica e jogadores da nossa equipa Sénior, pelo excelente jogo que realizaram perante uma equipa constítuida por alguns dos melhores jogadores nacionais e  da Europa.
Estiveram brilhantes.

Força Leões de Porto Salvo.

Força Portugal.

Ficha do Jogo
Jogo-treino.
Pavilhão do CR Leões de Porto Salvo.

Leões de Porto Salvo 3-5 Portugal (0-1, ao intervalo).

LEÕES DE PORTO SALVO: Carló, Canina, Bruno Gomes, Maté e Ré.
Jogaram ainda: Bruno Cardoso, Diogo, Tuka, Nito, Ivo, Jota, Ricardo Maria
Treinadores: Ricardo Lobão (principal), Filipe Eanes e Luís Brito
Golos: Tuka (24’), Leitão (27’, a.g.) e Ivo (36’).

PORTUGAL: Vítor Hugo, João Matos, Pedro Cary, Marinho e Cardinal.
Jogaram ainda: Joel Queirós, Leitão, Gonçalo, Ricardinho, Ricardo Fernandes, Bruno Coelho, Arnaldo, João Benedito e André Sousa.
Seleccionador: Jorge Braz.
Golos: Ricardinho (10’), Arnaldo (21’ e 35’), Gonçalo (28’) e Marinho (39’).