Leoas conquistam a primeira vitória no campeonato

Leoas conquistam a primeira vitória no campeonato

A contar para a 5ª jornada, coube aos leões de Porto Salvo receber a equipa da Golpilheira, campeã na época 2013/2014 naquele que foi o primeiro Campeonato Nacional de Futsal Seniores Feminino. Existia a noção que seria um jogo muito complicado com a equipa que provavelmente será uma das grandes candidatas a ocupar a 4ª posição que dará acesso à 2ª fase do campeonato.

Depois de três derrotas e um empate nas quatro primeiras jornadas, não existia outra alternativa às Leoas, senão a vitória neste jogo, caso quisessem entrar nas contas do apuramento.

O jogo começou com ambas as equipas muito pressionantes e não deixando os modelos ofensivos prevalecer. Logo na primeira jogada e com uma jogada estudada, de primeira e sem deixar cair a bola, uma jogadora da Golpilheira atira a bola com estrondo à barra. Decorria o jogo com muita luta mas sem oportunidades flagrantes quando num lançamento lateral, a bola é rematada para dentro da área e um desvio de uma jogadora da Golpilheira coloca a bola dentro da baliza inaugurando o marcador. A equipa da casa não se amedrontou, nem ficou afetada com o golo, e imediatamente reagiu conseguindo aproximar-se da baliza tendo pouco depois duas boas oportunidade de igualar o marcador.

A passagem do min 12, numa recuperação de bola e transição rápida, Joana toca para Catarina Neves, que assiste Taninha que aguardou até a defensora pressionar para assistir com um toque subtil Catarina que fora da área rematou forte por baixo do corpo da guarda-redes fazendo um golo muito festejado pelos apoiantes das leoas.

Estava feita a igualdade e o jogo ia agora passar por uma fase com as equipas a procurarem adiantarem-se no marcador pois só a vitória interessava a qualquer uma delas, mas até ao final da primeira parte o marcador não se alterou.

Ao intervalo a equipa técnica dos Leões alertou para pormenores que estavam a provocar desequilíbrios na equipa na sua defensiva e para manter a intensidade sobre a portadora da bola.

As Leoas entraram muito bem no jogo e podiam ter-se adiantado no marcador, mas pela exibição da gr das forasteiras, ou por falta de assertividade no momento final, o golo não surgiu. A Golpilheira tomou conta do jogo depois da fase inicial e surgiu mais uma vez a Luísa Torego muito inspirada tendo efetuado defesas de enorme qualidade. Após esta fase, as Leoas reagiram, a equipa técnica mexeu na equipa de modo a aumentar a intensidade e à passagem do min 22, numa jogada quase a papel químico do primeiro, numa jogada de insistência, Taninha recuperar a bola e faz um passe na diagonal perfeito que isola Catarina, que à saída da guarda-redes remate ao poste mais longe fazendo o 2-1.

A Golpilheira tentou reagir mas com o passar do tempo, não teve outra alternativa senão tentar o 5×4. Um minuto após e num lance perdido, Lídia recolhe a bola e depois de uma tentativa anterior falhada, não falhou à 2ª e fez o golo da tranquilidade pois faltam apenas 2 min para o final do jogo. O jogo acabou pouco depois sem mais nenhuma situação de perigo com um resultado de 3-1 a favor das Leoas.

Em resumo, uma vitória suada mas justa da equipa que mais lutou pelos três pontos, num dos jogos mais extensos deste campeonato em tempo corrido.

O próximo jogo a contar para a 6ª jornada será com a equipa do Louriçal na casa desta, sábado dia 17 de Outubro, pelas 19h.

 

Golos Marcados (3)

Catarina Neves (2) e Lidia Fortes (1)

Golos Sofridos (1)

Luísa Torego (1)

 

Convocadas: Luísa Torego (gr), Maria Borrego, Catarina Neves, Raquel Conceição (Cap.), Cátia Tavares, Lídia Fortes, Joana Pinheiro, Tânia Sousa, Flávia Pinheiro, Micaela Rocha, Andreia Bernardo, Inês Pires (gr)

Não utilizadas: Micaela Rocha, Andreia Bernardo, Inês Pires (gr)

5 inicial: Luísa Torego (gr), Catarina Neves, Cátia Tavares, Tânia Sousa e Lídia Fortes

 

Leave a Comment

(required)

(required)