Juniores não passam em Belém

foto_junbelePara a segunda jornada do campeonato, os nosso Juniores tinham uma deslocação ao sempre difícil terreno do Belenenses. O jogo começou com uma maior dinâmica por parte dos atletas da casa. Conseguiam assentar melhor o seu jogo, conseguindo com isso ter mais posse de bola. A verdade, é que fomos melhorando o nosso jogo e fomos tendo as nossas oportunidades de golo, sobretudo em transições, onde o guarda redes da casa (André Ribeiro) esteve sempre em grande nível. À passagem do 23º minuto, permitimos o golo. Golo esse, algo consentido.

Obrigámos os da casa a atingir a 5ª falta e fomos crescendo até que chegou o intervalo.

O intervalo esfriou a nossa atitude e concentração, pois, aos 18 segundos da segunda parte, surge o 2-0. Entrávamos mal. Ainda assim fomos reagindo, até que à passagem do nono minuto, e após assistência fenomenal de Zé Manel, Bernardo Cruz aparece ao 2º poste para reduzir para 2-1. O jogo estaria relançado? Nem por isso. Três minutos depois, surge o 3-1, após mais uma falha defensiva da nossa parte. Entre o 2-1 e o 3-1, temos duas oportunidades claras para empatarmos o jogo. A partir daqui, permaneceu a desconcentração e o 4-1 aparece aos 15 minutos. Animicamente a nossa equipa baixou os braços e lentamente foi entregando o jogo, não percebendo muito bem esta atitude final por parte de alguns atletas.

O marcador foi ampliando até aos 6-1 e nos últimos segundos de jogo, Cláudio Borges reduziu e estabeleceu o resultado final em 6-2.

O adversário foi melhor. Nós rematámos 12 vezes na baliza, o adversário 13. Eles marcaram seis golos. Nós marcámos dois golos.

Quando perderes, não olhes para o que perdeste.
Olha sim, para o que ainda há para ganhar!

Belenenses 6 – 2 Leões de Porto Salvo