Infantis vencem Torneio de Futsal do Bairro dos Lóios

A nossa equipa de infantis participou e venceu o torneio realizado no bairro dos Lóios. Temos que dar os parabéns aos nossos jovens não só pela conquista do torneio, mas sobretudo pelo modo como o obtiveram.

Nos dois jogos da manhã, e apenas com 6 jogadores (Emanuel Mendonça, Miguel Eugénio, Gerson Rebelo, Francisco Bettencourt, Bruno Belo, e Sandro Isqueiro), obtiveram duas excelentes vitórias.

Estava bastante calor no pavilhão, e o desgaste físico foi tremendo. Ainda assim, estes míudos demonstraram um espírito de equipa e de entreajuda, que superou as melhores espectativas.

Quando se pratica um futsal com este nível, o que parece impossível, acaba por acontecer com naturalidade. Vencemos o primeiro jogo contra o A. C. Odivelas por 6-0  onde ficou demonstrada toda a nossa superioridade táctica e técnica.

No segundo jogo, denfrontámos o nosso bem conhecido S. L. Olivais, que durante esta época tudo fez para nos vencer. Começámos a perder o jogo logo aos 10 segundos, ainda conseguímos empatar, mas logo depois voltámos a sofrer novo golo. Foi nesta altura do jogo que os míudos foram buscar energias e ganas de vencer onde parecia impossível. Apenas com um jogador de fora para rodar, e com uma intensidade enorme, virámos o resultado para 4-2 a nosso favor ainda antes do intervalo. Na segunda metade, pedímos para que os jogadores controlassem melhor o esforço, mas a vontade de vencer falou mais alto, o ritmo de jogo nunca diminuiu e acabámos com uma clara vitória por 6-3

Com estes resultados, atingímos a final contra a equipa da casa, o ATM a realizar da parte da tarde.

Para este jogo, já pudémos contar com o contributo do André Félix, que em boa hora nos veio reforçar, permitindo desta forma uma melhor gestão do esforço dispendido na parte da manhã.

O resultado final de 9-0 a nosso favor, demonstra bem a superioridade do futsal apresentada pela nossa equipa. Foi um jogo de sentido único, com uma exibição de luxo.

Vencemos este torneio com grande mérito, demonstrámos que a vontade e o querer, para além de todas as qualidades que estes jogadores têm, também são factores fundamentais para se conseguirem atingir objectivos.

Uma referência especial para o Gerson Rebelo que foi eleito o melhor jogador do torneio, e só não foi também o melhor marcador, por uma decisão completamente errada do árbitro ao anular-lhe um golo limpo no último minuto do jogo.

Um agradecimento aos familiares que uma vez mais demostraram todo o seu apoio a esta equipa.

Sabe bem quando no final somos abordados por diferentes pessoas presentes no pavilhão, treinadores de outras equipas, dirigentes e público, as quais nos davam os parabéns pelo modo claro como vencemos, mas sobretudo pela qualidade apresentada pelos nossos jogadores em todos os jogos.