Perfil » Cláudio Cardoso

Por detrás de uma das maiores escolas de formação do país estão técnicos, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, coaches, etc. Os Leões de Porto Salvo são a par do Benfica um dos dois únicos clubes com representação na elite do futsal com as duas equipas (Masculina e Feminina).

Para darmos a conhecer um pouco mais do Clube Recreativo Leões de Porto Salvo, nomeadamente nos escalões de formação.. onde tudo começa, lançamos uma série de perfis de profissionais que são responsáveis pela formação não só de atletas como também dos Homens e Mulheres do Amanhã.

Foi Guarda-Redes no Futsal, de 2006 a 2009 no Valejas A.C e depois representou os Leões de Porto Salvo até 2012, onde abraçou a continuidade no Futsal e também no Clube pelo qual se «apaixonou», passando a ser Treinador de Guarda-Redes e Treinador Adjunto.

Esta época (2014-2015), Cláudio Cardoso, é o treinador principal dos Infantis Brancos, Treinador-Adjunto dos Iniciados e Treinador de Guarda-Redes (Seniores Femininas).

Fica aqui a pequena conversa que tivemos com o Mister Cláudio Cardoso.

 

ccLPS – Fala-nos um pouco da formação atual do plantel para esta época
CC – Os Infantis Brancos são compostos maioritariamente por atletas de 1º ano e que já são praticantes no clube, sensivelmente desde os 6 anos de idade.

LPS – Apesar de estarmos a falar de formação, onde outros valores desportivos e humanos são incutidos… Qual o objectivo para esta época?
CC – Segundo os ideais do Clube e de toda a sua estrutura humana, o nosso principal objectivo passa pela formação dos homens e mulheres do amanhã, não só no âmbito desportivo, mas também no que diz respeito à sua integração social, aos seus aspectos comportamentais e aproveitamento escolar. Além destes, a nossa missão não está focada na competição e nos resultados desportivos, mas sim na aquisição de conhecimentos relativamente à modalidade, sendo o nosso objectivo conseguir colocar em prática, todos os princípios adquiridos.

LPS – No teu ponto de vista como vês o estado atual da formação em futsal a nível nacional?
CC – É com bastante satisfação que tenho conhecimento dos inúmeros clubes e instituições que se dedicam diariamente aos jovens, tentando-lhes proporcionar o melhor. O Futsal está a crescer enquanto modalidade de pavilhão, tendo cada vez mais atletas e adeptos. Penso que estamos no bom caminho.

LPS – Consideras que o investimento feito no Futsal na Formação pela entidades oficiais é suficiente, ou o que poderia melhorar?
CC – Suportar todos os custos adjacentes à sua prática torna-se uma missão muito difícil para todos os clubes, colectividades e associações. Efectivamente, se houvesse um apoio acrescido e um acompanhamento constante por parte das entidades oficiais, iríamos obter melhores resultados, não só do ponto de vista financeiro, mas também de uma melhor formação dos jovens atletas.

LPS – Quais os principais objetivos no trabalho que desenvolvem com a equipa?
CC – Acima de tudo, queremos que os nossos atletas se sintam confortáveis dentro daquilo que deve ser o que estes mais gostam de fazer. Queremos proporcionar todas as condições necessárias para uma melhor formação e aquisição de princípios desta modalidade.

LPS – Os Leões são dos clubes que mais jogadores inscrevem na Federação a nível Nacional…. Achas que este facto deve-se a quê?
CC – Penso que este facto deve-se à grande aposta que os Leões de Porto Salvo fazem, não só na formação de futsal, mas também nas restantes modalidades. São cerca de 550 atletas no total, 250 no Futsal, que fazem parte da nossa família e do nosso dia-a-dia. Os números valem o que valem, mas são uma prova estatística, da qualidade e rigor aplicados pelo nosso Clube.

cc1LPS – Sabemos que os métodos de treino não só mudam de treinador para treinador, mas também de escalão para escalão…Quais os objectivos técnicos e/ou tácticos que desenvolvem na tua equipa?
CC – Num escalão de 11/12 anos, é fundamental que os atletas aperfeiçoem todos os gestos técnicos (Passe, recepção, drible, técnica de remate, etc…), mas também algumas noções tácticas, no que diz respeito à ocupação do espaço vazio, criação de linhas de passe, sistema de jogo, modelo de jogo, entre outras.

LPS – Sabemos que o acompanhamento dos Pais ao trabalho desenvolvido no clube é, na generalidade um acompanhamento presente. Por isso o que gostarias de transmitir aos Pais dos teus jogadores?
CC – Agradeço todo o apoio da parte dos Encarregados de Educação dos nossos atletas. Têm sido incansáveis e disponíveis, no que diz respeito ao acompanhamento dos jovens. Até à data, tivemos inúmeros treinos complementares, que só se puderam realizar, devido à disponibilidade e compreensão de todos. Juntos, focados no mesmo objectivo e a trabalhar em prol dos nossos atletas, conseguiremos que estes alcancem grandes feitos.

LPS – E já agora que mensagem deixarias para os jogadores?
CC – Meus senhores, o trabalho e a dedicação que tem apresentado até hoje, têm sido fantásticos. Iremos continuar a nossa missão, melhorando a nossa prestação dia após dia. E lembrem-se… Não vamos ser diferentes, mas vamos fazer a diferença!

 

Leave a Comment

(required)

(required)